Logo ISECENSA/Página Inicial
A profissão

A profissão

Mercado de Trabalho

O mercado de trabalho está associado às atribuições profissionais. O perfil do profissional egresso do curso de Arquitetura e Urbanismo do ISECENSA abrange de modo pleno as competências e habilidades contempladas na Resolução Nº 02 de 17 de junho de 2010 e na Lei Nº 12378, de 31 de dezembro de 2010, espicificadas pela CAU/BR na Resolução Nº 21, de 05 de abril de 2012.

Para efeito do exercício profissional dos diplomados no âmbito das profissões inseridas no Sistema CAU/BR, o curso prima por promover atividades em conformidade com a legislação em vigor:

  • Gestão, supervisão, coordenação, orientação técnica;
  • Coleta de dados, estudo, planejamento, projeto, especificação;
  • Estudo de viabilidade técnico-econômica e ambiental;
  • Assistência, assessoria, consultoria;
  • Direção de obra ou serviço técnico;
  • Vistoria, perícia, avaliação, monitoramento, laudo, parecer técnico, auditoria, arbitragem;
  • Desempenho de cargo ou função técnica;
  • Treinamento, ensino, pesquisa, desenvolvimento, análise, experimentação, ensaio, divulgação técnica, extensão;
  • Elaboração de orçamento;
  • Padronização, mensuração, controle de qualidade;
  • Execução de obra ou serviço técnico;
  • Fiscalização de obra ou serviço técnico;
  • Produção técnica e especializada;
  • Condução de serviço técnico;
  • Condução de equipe de instalação, montagem, operação, reparo ou manutenção;
  • Execução de instalação, montagem, operação, reparo ou manutenção;
  • Operação, manutenção de equipamento ou instalação; e
  • Execução de desenho técnico.

Diante das habilidades e competências, o mercado de trabalho para o Arquiteto e Urbanista transcende a relação simples entre oferta e demanda centrados nos escritórios tradicionais, o que é cíclico. O profissional habilitado em áreas de abrangente conhecimento interdisciplinar detém uma inigualável capacidade de trabalho nos segmentos mais distintos do setor privado e público nos país e no exterior.