Logo ISECENSA/Página Inicial
Humanas e Sociais Aplicadas

Humanas e Sociais Aplicadas

Conhecidos como Geração Y, os nascidos a partir da década de 80 ocupam uma importante parcela do mercado de trabalho brasileiro, exercendo funções nas mais diversas áreas e em níveis que vão do operacional ao gerencial. Suas características, que os diferenciam dos demais profissionais, os tornam altamente cobiçados pelas empresas.

Uma jornalista de 22 anos, recém contratada por uma empresa de assessoria de imprensa especializada em alta gastronomia, descreve sua geração como inquieta e permanentemente insatisfeita, mas também ressalta qualidades muito apreciadas pelas empresas, como a curiosidade, disposição e capacidade inata para analisar e seguir tendências. Para a jovem jornalista, os principais fatores que a desmotivam envolvem a ociosidade e a inexistência de feedback sobre o seu trabalho. 

É para esta geração que o PROVIC foi criado, tendo em seus pilares os professores âncora, que darão sustentação e encaminhamento aos projetos de pesquisa das áreas de humanas e sociais aplicadas. São eles: Alber Neto (arquitetura), André Uébe (Administração), Teresa Claudina Cunha (Pedagogia) e Erika Costa Barreto (Psicologia).